Agrupamento de Escolas de Barroselas


Documentos a consultar:

OPE - Despacho n.º 436-A/2017

Regulamento do OPE

OPE - Proposta de Orçamento (impresso)

Propostas de OPE recebidas

  


 


 

      “O Plano Nacional de Leitura tem como objetivo central elevar os níveis de literacia dos portugueses e colocar o país a par dos nossos parceiros europeus.
Destina-se a criar condições para que os portugueses possam alcançar níveis de leitura em que se sintam plenamente aptos a lidar com a palavra escrita, em qualquer circunstância da vida, possam interpretar a informação disponibilizada pela comunicação social, aceder aos conhecimentos da Ciência e desfrutar as grandes obras da Literatura.”

       O Agrupamento de Escolas de Barroselas está a desenvolver dois projetos financiados pelo Plano Nacional de Leitura (PNL). São eles os projetos “Ler+Jovem” e  “aLer+”. 

       Para saberes mais sobre o PNL consulta a página oficial aqui!!!

 


 

      Trata-se de um projeto intergeracional envolvendo alunos do Ensino Secundário da Escola Básica e Secundária de Barroselas e a Associação de Reformados e Pensionistas da localidade. Jovens e seniores deslocam-se periódica e rotativamente a uma das referidas instituições para, num ambiente alegre, fraterno e solidário, desenvolverem em conjunto diferentes atividades que os (re)aproximem da leitura e/ou ajudem a (re)descobrir o prazer de ler.

      Aliado ao contrato de leitura previsto no Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Secundário, o projeto prevê a partilha de leituras, de saberes e de sentires de geração para geração, contando, para o efeito com a orientação da docente de Português e o apoio da Professora Bibliotecária.

 

     Este projeto de leitura, a ser implementado no biénio 2016/2018, conta com o apoio financeiro do Plano Nacional de Leitura (PNL)  e a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE). 

      Para saberes mais sobre o Ler +jovem consulta a página oficial aqui!!!

 


 

     O Projeto aLeR+ é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura (PNL) e da Rede de Bibliotecas Escolares  (RBE) destinada a apoiar as escolas que pretendem desenvolver um ambiente integral de leitura. O objetivo central é colocar a leitura e o prazer de ler, no centro do Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas.

    Este projeto, já implementado no Agrupamento em 2014-2016 com apoio financeiro do PNL, continua a ser desenvolvido em 2016- 2017, tendo sido aprovada a candidatura apresentada pela equipa da Biblioteca Escolar. A dinamização deste projeto conta também com o apoio da Direção do Agrupamento, dos docentes e não docentes, dos alunos, das famílias e da Biblioteca Municipal.

Linhas orientadoras do projeto:

  • Colocar o prazer de ler no centro dos esforços da escola para elevar os níveis de aprendizagem e o sucesso dos alunos;
  • Envolver na promoção da leitura todos os elementos da comunidade escolar: professores, funcionários e também pais, bibliotecários, animadores…;
  • Trabalhar em parceria com as famílias para estimular a leitura em casa;
  • Estabelecer relações com a comunidade local e com outras escolas, articulando esforços na promoção do prazer de ler;
  • Assegurar o máximo de visibilidade à leitura em contexto escolar;
  • Partilhar boas práticas com as escolas e bibliotecas do projeto aLeR+.

 

      Para saberes mais sobre o projeto consulta as páginas oficiais aLer+ e Ler+Escolas.

 


 


O que é o Plano Nacional de Cinema?

O Plano Nacional de Cinema (PNC) é uma iniciativa conjunta da Presidência do Conselho de Ministros, através do Gabinete do Secretário de Estado da Cultura, e do Ministério da Educação e Ciência, pelo Gabinete do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, conforme Despacho n.º 15377/2013, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 229, de 26 de novembro de 2013, e operacionalizado pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), pela Cinemateca Portuguesa — Museu do Cinema e pela Direção-Geral da Educação (DGE).

O PNC está previsto como um programa de literacia para o cinema e de divulgação de obras cinematográficas nacionais junto do público escolar, garantindo instrumentos essenciais e leitura e interpretação de obras cinematográficas junto dos alunos das escolas abrangidas pelo programa.

O Plano Nacional de Cinema na EBS Barroselas

A nossa escola tem vindo a desenvolver diversas atividades no âmbito do PNC. Alguns exemplos:

Visita ao 18 Festival Cinema Francês, com a visualização do filme: ZOMBILLÉNIUM, no Cine Teatro Sá de Miranda, em Viana do Castelo.

Atividade em colaboração com a revista do agrupamento: “Ainda vale a pena ver filmes com quase 100 anos?”, dirigida a todos os anos de ensino do agrupamento.

Colaboração com atividades diversas da BE (Biblioteca Escolar) através de pequenas compilações de curtas-metragens (Comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos e do Dia Internacional do Voluntário e Dia Mundial Da Filosofia)

Projeção do filme “A Christmas Carol”, em duas versões distintas, uma dirigida ao 2º ciclo e outra ao 3º ciclo.

Elaboração periódica de uma newsletter, exclusiva do PNC do nosso agrupamento, enviada inicialmente, a titulo experimental, apenas aos docentes e de seguida alargada a todos os alunos e de seguida a todos os representantes da comunidade escolar.

 


 


Promoção do Sucesso Escolar


 

 


   O PRESSE é o Programa Regional de Educação Sexual em Saúde Escolar, é promovido pela Administração Regional de Saúde do Norte, (ARSN) através do seu Departamento de Saúde Pública (DSP), que apoia a implementação da educação sexual nas escolas, de uma forma estruturada e sustentada, envolvendo o trabalho conjunto entre os profissionais de educação e de saúde escolar.

   O PRESSE apresenta-se como uma resposta facilitadora de todo o processo através de medidas de intervenção definidas regionalmente e aplicadas a nível local. O modelo de intervenção PRESSE assenta na metodologia de projeto e promove a intervenção interdisciplinar.

   A gestão local do PRESSE é da responsabilidade da Unidade de Saúde Pública (USP) de cada um dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) da ARS Norte, I.P. que, no âmbito do Programa de Saúde Escolar, apoia a sua implementação.

    A operacionalização do programa é assegurada pela Equipa-PRESSE (e-PRESSE), uma equipa multidisciplinar, constituída por: 2 profissionais da saúde escolar (médicos e/ou enfermeiros), pelo professor coordenador de educação para a saúde e, se possível, por um psicólogo a desempenhar funções na saúde ou na educação.

   O programa PRESSE desenvolve-se através de várias medidas, tais como:

 Formação dos profissionais de saúde, professores e psicólogos em sexualidade humana, educação sexual e metodologias pedagógicas.

  • Disponibilização de recursos pedagógicos (guiões de formação de professores, cadernos de atividades para alunos, jogos pedagógicos, entre outros) que facilitam a aplicação dos conteúdos curriculares em educação sexual previstos para os vários níveis de ensino.
  • Promoção de iniciativas de complemento curricular que contribuem para a dinamização da educação sexual nas escolas tais como: teatro-debate, concursos, comemoração de dias temáticos, exposições, entre outras.
  • Apoio para a implementação de Gabinetes de Informação e Apoio (GIA) no âmbito da educação para a saúde e educação sexual.

  O PRESSE tem como finalidade incluir, nos projetos educativos e nos currículos das escolas básicas e secundárias, um programa de educação sexual estruturado e sustentado, para aumentar os fatores de proteção e para diminuir os comportamentos de risco dos alunos em relação à sexualidade.

  O programa PRESSE tem como população-alvo alunos e professores do 1º, 2º, 3º ciclos do ensino básico e ensino secundário, envolvendo também pais, encarregados de educação, pessoal não docente e restante comunidade possuindo todos estes atores um papel ativo no desenvolvimento deste programa.

  O Agrupamento de Escolas de Barroselas candidatou-se a este programa nos anos letivos 2009/2010, 2010/2011 e 2011/2012, tendo visto a sua candidatura aceite no ano letivo 2011/2012.

  Em Julho de 2012 a coordenadora da educação para a saúde e o enfermeiro que integra a equipa PRESSE do agrupamento frequentam uma ação de formação de 35 horas, que é posteriormente replicada aos diretores de turma do 5º, 7º e 10º ano e professores titulares de turma do 1º ano.

  Atualmente o programa PRESSE está a ser aplicado nas turmas do 5º, 7º e 10º ano e em 3 turmas do 1º ano. No futuro, o objetivo é alargar a formação a mais docentes para que mais turmas possam ser abrangidas nos próximos anos letivos, até se chegar ao momento em que todas as turmas integrem este programa.