Erasmus+ “Gender violence prevention begins with us” 2021/2022

A Prevenção Da Violência De Género Começa Connosco – Projeto

GENDER VIOLENCE PREVENTION BEGINS WITH US

VIGÊNCIA

De setembro 2019 a julho 2022

ALUNOS PARTICIPANTES

Alunos do Ensino Secundário

PAÍS COORDENADOR

Itália– Istituto di istruzione superiore statale Oscar Arnulfo Romero- Albino, Bergamo

PAÍSES PARCEIROS

Letónia – Jelgavas 4. vidusskola – Jelgava

Espanha -IES Al Andalus – Almeria

França – Lycée Metiers Plasturgie Val de Garonne – Marmande

Portugal –Agrupamento de Escolas de Barroselas – Barroselas

OBJETIVOS ESPECÍFICOS PARA A EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO

  • Melhorar o nível de competências e aptidões fundamentais dos jovens e promover a participação na vida democrática europeia e no mercado de trabalho, a cidadania ativa, o diálogo intercultural, a inclusão social e a solidariedade;
  • Promover melhorias em termos de qualidade, inovação, excelência e internacionalização através do fomento da cooperação transnacional entre os organismos de educação e formação e outras partes interessadas;
  • Promover e sensibilizar para a criação de um espaço europeu de aprendizagem ao longo da vida, através do reconhecimento da UE e da disseminação de boas práticas;
  • Melhorar o ensino e a aprendizagem das línguas e promover a ampla diversidade linguística da UE e a sensibilidade para as diferentes culturas.
  • Desenvolver a capacidade de aprender e trabalhar de forma colaborativa e autónoma (competência pessoal e social);
  • Desenvolver a capacidade de usar diferentes idiomas de forma adequada e eficaz para a comunicação (Competência multilingue)

PRINCIPAIS OBJETIVOS DO PROJETO

  • Fornecer informações sobre a definição e disseminação da violência de género e suas características (competência de cidadania);
  • Adquirir a consciência da igual dignidade e valor das pessoas em vários contextos (competência de cidadania);
  • Desenvolver a capacidade de modificar as atitudes aprendendo a reconhecer em si mesmo e nos outros, preconceitos, idealizações erradas de relacionamentos interpessoais, comportamentos e atitudes violentas que conotam uma “cultura de opressão” (competência pessoal e social);
  • Adquirir consciência no uso de tecnologias digitais, com particular referência aos fenómenos do cyberbulling e sexting (competência digital)

CRIAÇÃO DE PRODUTOS FINAIS

  • Site do projeto
  • Espaço Erasmus + com brochuras, posters, onde alunos e visitantes podem ver os trabalhos realizados e informações sobre as atividades do projeto
  • Aplicação digital “Detection of Gender Violence”
  • Curta-metragem “Gender violence in the past, the present and the future”
  • Acordo formal entre escolas parceiras com vista à promoção, nas novas gerações, de uma cultura e de uma maior conscientização sobre as questões de género
  • Apresentações à comunidade local, publicado na web e publicado em jornais

RESULTADOS ESPERADOS

Nos alunos

  • Melhorar o conhecimento sobre os recursos locais
  • Consolidar o conhecimento sobre o património europeu e o património de outras nações, compreender e respeitando a diversidade na União Europeia, o significado de ser um cidadão europeu e ter uma Identidade Europeia
  • Ser tolerante para com outras culturas
  • Melhorar a sua proficiência na comunicação em língua estrangeira bem como nas competências em TIC
  • Desenvolver relações de amizade com alunos parceiros
  • Unir forças para a prevenção e eliminação de atos de violência para com as mulheres ao mesmo tempo que alunos e professores reforçam o sentimento de pertença a uma cidadania unida pela defesa dos direitos humanos
  • Criação de um site que colecione todas as nossas experiências e produções e que se pretende que possa ser difundido livre e expansivamente por todo o mundo

Nos professores e na escola

  • Desenvolver novas competências no ensino de tópicos acerca das questões de género por meio do intercâmbio de experiências e boas práticas entre professores das escolas participantes
  • Ser tolerante e aberto a outras culturas
  • Adquirir maior conhecimento sobre métodos de ensino não formais e abordagens inclusivas, ferramentas de TIC, atividades de linguagem e divulgação
  • Desenvolver uma atitude profissional eficaz e o enriquecimento curricular
  • Unir forças para a prevenção e eliminação de atos de violência para com as mulheres ao mesmo tempo que alunos e professores reforçam o sentimento de pertença a uma cidadania unida pela defesa dos direitos humanos
  • Criar uma Parceria Internacional de Escolas que, ao trabalharem juntas, consiga promover, nas novas gerações, uma cultura e uma maior conscientização sobre as questões de género. As nossas escolas serão membros fundadores desta Associação cujo objetivo será, entre outros, alargar a sua rede de ação, agregando outras escolas, inclusive, nacionais
  • Cuidar pela continuidade dos 3 aspetos anteriores após o término do projeto